Tratem os negros com igualdade – em TUDO

Em tempos em que coletivos negros e demais setores da esquerda cobram da sociedade uma suposta “dívida histórica” — que no país mais miscigenado do mundo ninguém sabe ao certo quem deve pagar —, é importante refletir sobre a questão do racismo: não somente se ele existe e onde existe, mas como ele se manifesta e qual a maneira correta de se lidar com ele. Porque tão racista quando aquele que abertamente antagoniza e despreza as pessoas da raça negra é aquele que, por meio de um discurso demagogo e populista, trata o negro como um retardado social, tutelado pelo Estado e incapaz de aderir aos padrões sociais adotados pelos demais membros da sociedade.

Chloe Valdary, negra americana, escritora e aluna da Universidade de Nova Orleans, nos dá a sua perspectiva a respeito deste tão controverso assunto.

Tradução: Hugo Silver
Revisão: Luiz Felipe Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *