Netanyahu empareda ONU por “silêncio ensurdecedor”, enquanto Obama promove “lugar mais seguro para urinar”

Enquanto o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, estava muito ocupado decidindo onde os transgêneros devem fazer xixi e cocô, com a campanha “Um lugar mais seguro para urinar” – e antes de referir-se 28 vezes a si próprio no discurso de 12 minutos sobre o massacre de mais de dez pessoas em uma universidade de Oregon, quando explorou na TV os cadáveres fresquinhos para empurrar mais uma vez sua agenda desarmamentista, como comentei em tempo real no Twitter -, o primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, emparedava a ONU pelo “silêncio ensurdecedor” ante a ameaça do Irã de destruir o país dos judeus e pela condescendência internacional com o programa nuclear iraniano selada pelo suposto acordo de paz estabelecido pelos EUA e outros membros com aquele país.

Reportagem completa: http://veja.abril.com.br/blog/felipe-moura-brasil/cultura/netanyahu-empareda-onu-por-silencio-ensurdecedor-enquanto-obama-promove-lugar-mais-seguro-para-urinar/

2 comentários

  • O antissemitismo que viceja na ONU é notório.

  • Rodrigo Fernando

    A ONU é o inimigo número 1 de Israel. Essa organização caiu no descrédito há muito tempo. Só quem leva a sério essa organização é a mídia, tomada por jornalistas pusilânimes e sem opinião que preferem um assunto já fechado, determinado, que venha de cima para baixo, assim fica mais fácil produzir esses textos ridículos da mídia, tentando apoiar as posições tendenciosas da ONU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *