Ex-muçulmano, Bosch Fawstin, sobre a sua saga Pigman e sua guerra ao Islã

Estamos em guerra! Mas esqueceram de te dizer. Na União Soviética a Arte da Guerra, de Sun Tzu era leitura obrigatória, e como bem diz o livro: “a suprema arte da guerra é derrotar o inimigo sem lutar”. O muro caiu, o ocidente soltou foguetes, e adormeceu bêbado celebrando uma vitória inexistente. A mídia esquerdista ataca de todos os lados, e recentemente nos têm ensinado, vez após vez, que “o islã é uma religião de paz “. Alguns acordaram do pesadelo e decidiram encarar de frente os inimigos que cada vez mais mostram a cara feia por detrás da mascara. O islã é uma das ameaças mais vívidas ao Ocidente, e quem nos conta isso é Bosch Fawstin, ex-muçulmano que viveu e experienciou em primeira mão os horrores do islã. Longe de ficar de braços cruzados decidiu contra-atacar mostrando, através de sua arte, a verdadeira face do islamismo. Acompanhado com o vídeo abaixo, temos um excelente artigo que complementa o vídeo (ou se diria melhor que o vídeo é que complementa o artigo), de leitura obrigatória. Enquanto uns dormem, Bosch Fawstin e nós dos Tradutores de Direita continuaremos martelando para fazer cair o muro cultural da propaganda esquerdopata-islamista que nos tem assolado desapercebidamente.

Link do artigo relacionado ao vídeo: http://tradutoresdedireita.org/pigman-declara-guerra-ao-isla/

Tradução: Israel Pestana
Revisão: Rodrigo Carmo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *