Como o Ocidente convida o terror

Por DalrympleFan [*]

Muçulmanos, escreve Dalrymple, não são enganados por expressões pusilânimes, odiosas, aduladoras e estupidas de compreensão por seus sentimentos oriundas dos círculos oficiais, numa tentativa vã e covarde de desarmar a situação por um precipitado, mas insincero abandono dos melhores valores do Iluminismo.

Fundamentalistas islâmicos sabem perfeitamente bem que o Ocidente não os respeita e que a única maneira de causarem uma impressão é pelo terror. Tecnologicamente, cientificamente, artisticamente, filosoficamente e economicamente eles são nulidades. Entretanto eles sabem como ser perversos e que isso compensa todas as suas outras deficiências. Se o mundo não irá ouvir às suas tediosas elucubrações religiosas, pelo menos irá prestar atenção às suas ameaças arrepiantes. Cada expressão de pseudo-entendimento é música para os ouvidos deles, eles sabem que as ameaças de decapitação e assassinatos nas ruas tem funcionado. Isto é um convite aberto para mais do mesmo.

As democracias ocidentais, diz Dalrymple, tem demonstrado uma falta de determinação apenas comparável com a de Chamberlain e Daladier diante de Hitler.

Quando, ele diz, nós vemos a liberdade que o Iluminismo forjou desafiada de maneira tão intelectualmente primitiva e bruta, nós percebemos o quanto nós devemos ao Iluminismo. Você não aprecia algo realmente até perdê-lo.

O problema do mundo Islâmico é que ele quer todo os benefícios materiais ou frutos do Iluminismo sem o Iluminismo. Um considerável percentual da grande população imigrante de países Islâmicos na Europa também quer isso, logo muitos desses imigrantes são tão notavelmente menos bem sucedidos em suas nações adotivas que suas contrapartidas Hindus, Sikh ou chinesas. Muçulmanos tem tentado conciliar essa incompatibilidade por mais de um século, desde a primeira vez que tomaram ciência do quão atrasados eles estavam em comparação as civilizações a que tentam se igualar. Como os habitantes dos guetos, eles querem o respeito do resto do mundo sem querer fazer as coisas necessárias para obtê-lo.

[*] DalrympleFan. “How the West invites terror”. A dose of Theodore Dalrymple, 23 de Julho de 2016.

Tradução: Guilherme Pradi Adam

Revisão: Rodrigo Carmo

1 comentário

  • E verdade DalrympleFan, Sabemos que os Muslims sao nulidades sendo esses um dos motivos pelos quais eles odeiam tudo o que o progresso, a tecnologia, o saber e o conhecimento proporcionam. Verdade tambem que a unica maneira deles serem notados e pela sua crueldade, falta de Deus e de amor ao proximo. Na oracao que eles fingem fazer todos os dias so para que todos percebam que eles sim praticam a religiao, nao fazem mais do que se mostrar ao mundo que eles sim e que estao certos. Ora nao adianta se ajoelhar, beijar o chao e clamar por Ala, tres vezes ao dia, quando o que sentem e demonstram muito bem sao so crueldades, dor, sofrimento, discriminacao, racismo, intolerancia e odio dizendo obedecerr a um profeta do demonio! Eles nunca tentarao fazer coisas boas e uteis a sociedade porque quanto mais praticam a violencia, mais odio sentem e mais se espalham por todo o mundo para tomar posse de todos os lugares que ainda nao foram contaminados com essa desgraca. O que farao depois, nos nao estaremos aqui para ver. Talvez matar-se ao uns aos outros

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *