Liberdade e Vida Intelectual

Por Zena Hitz [*] Que sentido faz estudar Humanidades? A pergunta reflete o clima atual entre os educadores humanistas: ansiedade com um toque de desespero. Com o declínio de matrículas, cortes de programas e diminuição de cursos, as instituições de ensino tradicionais estão se tornando lugares desconfortáveis para os professores que zelam pela aprendizagem humanista. Mas a crise na área […]

Saiba mais

Chicks on Right: Por que conservadores decidem se empenhar na cultura pop

Por Amy Jo Clark and Miriam Weaver [*] Os conservadores estão péssimos na cultura pop. Vamos apenas refletir sobre isso durante um segundo. Sempre que postamos algo sobre a cultura pop em nosso website, ou falamos sobre celebridades em nosso programa de rádio, nós inevitavelmente recebemos queixas de nossos leitores e ouvintes de que deveríamos abordar assuntos mais sérios, que […]

Saiba mais

12 maneiras de usar as regras para os radicais de Saul Alinsky contra esquerdistas

Por John Hawkins Saul Alinsky era um homem brilhante. Maligno, mas brilhante. Infelizmente, quer gostemos ou não, todos esquerdistas do presidente e abaixo dele estão jogando por essas regras na arena política. Nem todos os esquerdistas leram o livro ou sabem seu nome, mas essas táticas tornaram-se universais. Infelizmente para os conservadores, quando duas forças equilibradas se enfrentam fora de […]

Saiba mais

Por que há mais abortos que crianças postas para adoção?

Por Kristi Burton Brown [*] Você se lembra da série de livros “Escolha sua Aventura”? Quando eramos crianças meus irmãos e eu os devorávamos. A cada etapa na sua jornada você tinha escolhas. Você estava na Amazônia. Quer pilotar um barco ou viajar até ruínas antigas a pé? Quer contratar um guia turístico ou seguir um índio local? Toda a […]

Saiba mais

William Shakespeare: um homem imortal

Por Joseph Pearce Soul of the age! The applause, delight, the wonder of our stage! My Shakespeare, rise! I will not lodge thee by Chaucer, or Spenser, or bid Beaumont lie A little further, to make thee a room: Thou art a monument without a tomb, And art alive still while thy book doth live And we have wits to […]

Saiba mais

Gene Sharp: O pai da revolução não-violenta

Por Anna Åhlund Seu trabalho influenciou movimentos de resistência não-violentos pelo mundo afora. Gene Sharp recebeu o Right Livelihood Award 2012. Ele passou a vida pesquisando sobre a resistência não-violenta e o porquê deste ser o método mais eficaz de se derrubar regimes corruptos e opressivos. O trabalho de Gene Sharp influenciou movimentos de resistência pelo mundo – e continua […]

Saiba mais

Andrew Klavan: O que há de inovador em House of Cards?

Por Andrew Klavan [*] House of Cards não é um entretenimento de viés conservador — exceto quando [os seus idealizadores] assim o desejam. House of Cards, uma série da Netflix sobre um político mortífero e inescrupuloso de Washington, é um programa maravilhoso, mas às vezes ultrapassa os limites da credulidade. Eu não tenho nenhuma dificuldade em acreditar que um congressista […]

Saiba mais

A Ignorância Arrogante dos “Bem-Educados”

Por Joseph Pearce [*] Em mais de uma ocasião um ensaio meu para The Imaginative Conservative foi inspirado em algum adesivo para carros. Há algum tempo atrás, por exemplo, escrevi “A Sabedoria e a Maldade das Mulheres,” em resposta a um adesivo que declarava: “Mulheres bem comportadas não fazem História.” Recentemente, parado no trânsito, vi este mesmo adesivo no carro […]

Saiba mais

A catastrofização e os “demônios” da esquerda radical

Por Daniel Greenfield Vamos começar com a “catastrofização”. Isso significa o que parece: acreditar que as coisas são indizíveis e inimaginavelmente terríveis. É normalmente adotada pelas pessoas quando estão avaliando suas vidas pessoais, mas isso possui aplicações politicas claras. “Meus demônios venceram hoje”: O suicídio do ativista de Ohio expôs a depressão entre os líderes do Black Lives Matter.  Desde a […]

Saiba mais

Os Homens do Faroeste: Valores Masculinos Através de Filmes

Por Dylan Hintz Na época do desbravamento do oeste americano, principalmente entre 1860 até o fim do século, um herói poderia surgir de uma pequena história que percorre grandes distâncias. Um homem podia se tornar uma lenda atirando em outro homem pelas costas, apenas para ser reconhecido como “o gatilho mais rápido” porque um bêbado viu o ocorrido de um […]

Saiba mais
1 6 7 8 9 10 11